Ceresp de Juiz de Fora tem dois fatos policiais: mulher tenta entrar com celular e detento é pego com drogas

Mulher tenta entrar no Ceresp de Juiz de Fora com celulares, carregadores e cabos em fundo falso de TV

Uma mulher, de 33 anos, tentou entrar no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Juiz de Fora, com celulares, carregadores e cabos USB, na tarde desta quarta-feira (3).

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), o material estava dentro de uma televisão, escondido em um fundo falso. Os agentes penitenciários localizaram nove aparelhos de celular, nove carregadores dos aparelhos e oito cabos USB.

A visitante, que é cadastrada, foi levada para a Delegacia de Polícia Civil, que vai investigar o caso no âmbito criminal.

Em nota, a Pasta informou que a direção-geral do Ceresp instaurou procedimento interno para apurar administrativamente a ocorrência.

Detento é flagrado com drogas enquanto fazia limpeza no Ceresp em Juiz de Fora

Um detento do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Juiz de Fora, de 37 anos, foi flagrado por agentes com drogas na manhã desta quarta-feira (3).

De acordo com a Polícia Militar (PM), o preso estava fazendo limpeza no presídio, enquanto era escoltado por um agente. Em determinado momento, ele pegou uma sacola no chão e jogou a embalagem dentro de um latão de lixo.

O funcionário percebeu a ação, abriu o pacote e encontrou uma bucha de cocaína e pedras de crack. O detento disse que as drogas não eram dele, mas após uma revista na cela do homem, outros entorpecentes foram encontrados.

A Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) confirmou a ocorrência e disse que o detento vai passar por procedimento interno da direção-geral da unidade para apurar administrativamente o caso.

Ainda segundo a Seap, o homem executava trabalhos na unidade e foi flagrado com quatro buchas de crack, cinco porções de cocaína e 21 de maconha. Ao ser abordado, ele ingeriu mais drogas e, por isso, teve que ser encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro (HPS) para que o material fosse retirado.

O preso vai passar pelo Conselho Disciplinar do Ceresp e sofrerá sanções administrativas. A unidade funciona normalmente.

Fonte: G1 Zona da Mata


Deixe seu comentário

Posts relacionados