CONFIRMADO: 6ª Cia. PM Ind de Leopoldina foi rebaixada, publicação oficial saiu no dia de hoje

Mais uma prova que a microrregião onde está localizada a nossa cidade, Leopoldina, está esquecida e desprestigiada no cenário político estadual tem sua prova no dia de hoje: 6ª Cia PM Independente é rebaixada, a publicação se deu no dia de hoje. 

Esse estudo que estava sendo feito desde o ano passado e que mobilizou a sociedade e o políticos tentando reverter o rebaixamento não deu certo.  

Na realidade a publicação dá conta da extinção da 6ª Cia PM Ind datada do dia 10 de abril, dá um prazo de 30 dias para a adaptação na nova categoria: uma fração da PM com a denominação 37ª Cia PM subordinada ao 21 º Batalhão da PM em Ubá,  segundo fontes na nossa área de atuação deveremos ter um capitão e três tenentes e há a possibilidade de diminuição de efetivos, apesar de ser negado no momento pelos comandos da Polícia Militar. 

Na mesma publicação informa a alteração da PM em Além Paraíba, passando a ser subordinada 52ª Cia PM para 27º BPM.

O fato é que além de se reestruturação e uma perda política, mais uma vez para a cidade e toda a região que a companhia PM atendia e do jeito que as coisas andam a possiblidade de perdemos mais é evidente, pois, enquanto as pessoas pensarem em si próprio, em brigas políticas, em politicagem, onde cada um quer ser melhor que o outro, onde alguns pensam em apenas levar vantagem para si ou para um grupo, enquanto vários nomes se lançarem a candidatos por Leopoldina, sabendo que não tem a menor chance de se elegerem por não terem apoios, não serem conhecidos regionalmente e pensarem nos seus respectivos partidos (como dizia Zé Américo, só de ser partido já não é boa coisa. Se fosse bom seria inteiro) e não no povo Leopoldina e região ficará sendo apenas Zona da Mata. 

O aumento da violência, a fraqueza das leis que favorecem os menores e os criminosos geram essa situação e a falta de sensibilidade política, onde economizam no essencial: segurança fazem que as projeções para nosso futuro não sejam boas. 

Nos últimos dias vimos a Polícia Militar se desdobrando, apreendendo drogas, armas e menores dão um panorama real de nosso município. Em conversas com algumas fontes, criminosos que matam a luz do dia, com testemunhas e com provas, tem suas denúncias feitas pelo Ministério Público e muitas vezes são mantidos nas ruas, pelos juízes, por brechas na lei e por várias maneiras encontradas por suas defesas. 

O Brasil está se tornando a terra de ninguém e Leopoldina está incluída nesse cenário, o que é lamentável. Muitos irão dizer que a culpa é de fulano, de beltrano, que a culpa é do prefeito e nesse caso podemos dizer dos prefeitos, dos vereadores, das lideranças políticas em geral que não conseguiram reverter o que aconteceu e não de um culpado apenas. 

É preciso que as lideranças políticas parem e reflitam sobre o nosso momento, sobre a situação da nossa cidade e parem com os discursos políticos partidários, as brigas pessoais que superam o bem de uma população que clama por melhorias em todos os níveis. 

Dizem que o povo tem o governo que merece e acrescento o eleitor tem o que merece, pois, na hora de unir em um objetivo, de valorizar o seu voto, de tentar reerguer a nossa cidade e região votando em pessoas da cidade (independentemente de ser situação, oposição, esquerda, direita, mas alguém que tenha reais chances) jogamos nossos votos ao vento, votamos em pessoas que nunca acrescentaram nada para nossa cidade e o pior há lideranças políticas que representam tais candidatos. 

Enfim a realidade é que agora preparem-se para e coloquem grades e cadeados e peçam ao criador para olhar por nós. Polícia Militar perdeu, mas nós leopoldinenses e de toda a região perdemos muito mais. 

 


Deixe seu comentário

Posts relacionados