PUBLICIDADE

Família Lisboa se confraterniza nos 96 anos de Julia Lisboa Pacheco neste final de semana

A família Lisboa que tem sua ramificação presente em Leopoldina teve um momento de confraternização e de alegria ao comemorar os 96 anos de Júlia Pacheco Lisboa.

Neste sábado houve uma confraternização com alguns familiares para a comemoração desta data importante para os familiares, já que Júlia comemorou o seu aniversário no dia 01 de dezembro e pela agenda dos familiares que vieram do Rio, Ouro Preto, Arcos, Belo Horizonte, Astolfo Dutra, São Paulo, Santa Catarina, Juiz de Fora a comemoração foi realizada neste dia 09 de dezembro no Portal da Dança em Leopoldina.

A família que se criou em Leopoldina e se espalhou pelo pais, tendo como seus patriarcas: Luiz do Amaral Lisboa e Maria da Conceição Lisboa que tiveram os seguintes filhos: Moacyr, Pedro, Paulo, Judahyba, Carmozinda e Júlia, hoje tem como seu representante Júlia.

A família que já morou na Grama, na Rua Emília Levasseur Rocha e em outros locais e tem ainda seus descendentes interligados com outros leopoldinenses como a família Pacheco, Schettini, Schettino, Vargas e outros há alguns anos tem a oportunidade de receber os familiares e relembrar os velhos tempos.

Júlia (Julinha) que é viúva do Pedro Pacheco (que trabalhou na Gazeta de Leopoldina há anos e em outros locais) tem os filhos: Maria Emília, João Luiz e Maria do Carmo Pacheco começou as comemorações no sábado, dia 9, ao realizar um almoço com os familiares vindos de Ouro Preto, os sobrinhos , esposos e esposas e alguns filhos: Carlos Eduardo, Luiz Henrique, Fernando, Cristina e Maria Elisa (todos filhos de seu irmão Moacir Lisboa) e na qual receberam alguns amigos e aproveitaram como dra. Iva e Rubim e na oportunidade a anfitriã Julinha fez um discurso agradecendo a todos pela presença e convidando para que em 2018 possam vir novamente comemorar os seus 97 anos.

Julia, como é natural da idade, tem lapsos de memória em alguns momentos, não esquece os seus sobrinhos e se diz uma pessoa feliz que não tem nem sequer uma dor de cabeça e no seu dia a dia ao receber os amigos e familiares fala sobre a atual situação, principalmente o custo de vida.

A família que é muito conhecida dos leopoldinenses pela suas expressões na área da culinária (doces), na área da cultura (poemas e poesias), na área das artes (Artista plástico) e em outras áreas como pintura de casas antigas, designer de costura e outras.

Citar nomes de todos seria impossível pois foram cerca de oitenta familiares, entre os sobrinhos, primos e seus familiares.

Parabéns a aniversariante do mês que deixa o registro de sua história como simbolo de uma família que sempre se manteve ativa e presente, mesmo ao longe, na história de Leopoldina.

Na foto de capa um registro nessa manhã de domingo quando os familiares se despediam e retornavam a suas cidades de origem.

Origem da família de Júlia Pacheco. Na foto: Carmozinda (Carmosa). Julia, Judahýba, Paulo , Pedro e Moacyr em pré e os seus pais: Luiz e Maria Conceição (`Pequita)

Alguns pequenos registros da família na noite de sábado:


Deixe seu comentário

Posts relacionados