Moradores dos Bairros Três Cruzes e Fortaleza estão sem médico

Segundo representantes dos moradores dos bairros Três Cruzes e Fortaleza o problema de falta de médico continua no PSF daquela região, o mesmo faz parte da área de atendimento do  PSF São Cristóvão, segundo o mesmo. Recentemente havia essa notícia, que inclusive saiu na Câmara de vereadores, e foi desmentida pela resposta ao requerimento feito e as informações eram que o atendimento no PSF Três Cruzes era normal.

Há também problemas em outros PSFs de falta de médico, como no distrito de Ribeiro Junqueira. Segundo alguns integrantes da área da saúde há realmente alguns problemas na área que não são divulgados por medo de serem punidos ou perseguidos. Além do que as vezes as consultas são conseguidas e avisadas com pouco tempo de antecedência e se os funcionários não se mobilizarem, mesmo fora do horário do trabalho o usuário corre o risco de perder a consulta com especialistas.

Conforme informações o descontrole e a falta de um melhor gerenciamento na área da saúde traz transtornos para outro setor que é o Pronto Socorro que visa atender casos urgentes, mas que as vezes tem a procura para consultas médicas, o que sobrecarrega a unidade em questão e gera reclamações dos usuários que lá frequentam.

Sabe-se que a questão saúde é um problema nacional, por isso a boa gestão faz a diferença e geralmente, conforme já mencionados em outra matéria, os atendentes que estão na ponta são os mais criticados e os que sentem o descontentamento da população e podemos afirmar há pessoas que estão preparadas e outras que nem tanto para lidar com os anseios do povo, ainda mais na área da saúde que é um ponto crítico para todos, pois ninguém procura o setor apenas para passar o tempo, geralmente é no último caso.

Fica ai a reclamação dos moradores dos bairros Três Cruzes e Fortaleza, através de um representante da comunidade que não divulgarei o nome para evitar futuras retaliações.

Espero que os vereadores da área e o conselho municipal da Saúde possam interferir e cobrar agilidade na solução do caso, pois a população é que sofre com isto.


Deixe seu comentário

Posts relacionados