Pai é indiciado por estuprar filho de dois anos em Juiz de Fora

A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre o caso de estupro de vulnerável ocorrido em maio de 2017, em Juiz de Fora.

O inquérito foi encaminhado à Justiça nesta segunda-feira (24), indiciando o homem de 39 anos por estupro do próprio filho de dois anos.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Luciano Vidal, a pena para este tipo de crime pode variar entre oito e 15 anos de prisão. Ele disse que o suspeito segue preso no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) da cidade.

A mãe da criança, de 27 anos, denunciou o ex-marido à polícia depois que o menino pediu “remédio, meu bumbum está dodói”. A mãe e a avó também encontraram sangue na cueca do garoto. A vítima explicou, com detalhes, que foi o pai quem causou o ferimento.

Fonte: G1 Zona da Mata


Deixe seu comentário

Posts relacionados