Polícia Militar de Leopoldina prende homem no Bairro Roque Schettino autor dos furtos da Escola Emílio Ramos Pinto (Anexo)

A Polícia Militar chegou ao elemento que invadiu a Escola Estadual Emílio Ramos Pinto (Anexo) na tarde desta terça feira, dia 04, o mesmo foi preso em flagrante em torno das 16 horas no Bairro Roque Schettino e com ele foram encontrados alguns produtos do roubo como: pratos, macarrão, massa de tomate, feijão, pó de café, óleo e ainda 2 pinos de cocaína e uma balança de precisão. O elemento tem 40 anos de idade, e tem as iniciais A.P.O.

local do encontro dos produtos do furtoAtualizando conforme a PM me repassa as informações O elemento pelo que podemos notar nas fotos disponibilizadas pela Polícia Militar teria se escondido  no meio de um mato no alto de um morro, e lá havia alguns pertences dele e não os produtos do furto, a PM PM fez a localização do mesmo, naquele local e o prendeu.

Segundo os policiais o mesmo assumiu ser o autor das cinco invasões ocorridas no local e ainda disse que parte dos produtos furtados foram trocados por drogas e depois de preso em flagrante foi conduzido a Delegacia Regional da Polícia Civil, juntamente com uma mulher não identificada para ratificar a prisão e as medidas que o caso requer.

A Polícia Militar acaba de me informar que a mulher foi conduzida porque o elemento teria vendido a mesma e ao seu companheiro os produtos do furto e agora será investigado se a pessoa que comprou tinha conhecimento da origem dos produtos ou não, pois pode acontecer da pessoa ter adquirido inocentemente tais produtos, agora as investigações deverão esclarecer os fatos. Vale lembrar que as pessoas ao adquirirem qualquer produto, seja de alimentação, bens duráveis (televisão, pc e outros) devem exigir pelo menos um comprovante de origem, pois podem ser enquadrados como receptores de produtos furtados, não é o caso em questão até o momento, apenas um comentário de orientação a todos.

Segundo o Tenente Getúlio Rabello, o elemento foi identificado e localizado, graças ao trabalho do Serviço de Inteligência da PM e era uma questão de honra prender o mesmo, pois estava já passando dos limites e provocando a sociedade e a polícia, através de cinco furtos seguidos na escola citada e agora cabe a Polícia Civil identificar os receptadores (no qual ele disse ter trocado produtos por drogas) e esclarecer alguns detalhes do caso.

A Polícia Militar informou que há ainda um proprietário de um bar no Bairro Roque Schettino está sendo procurado por receptação dos produtos. O autor assumiu o crime e disse que ia aos poucos retirar os produtos do furto e que tinha consciência de que estava furtando um produto de extrema necessidade para os alunos.

Tenente Getúlio Rabello informou que um fato chamou a atenção dos moradores, quando ele caiu ao segurar mourão de uma cerca, pois o local era de difícil acesso. O mesmo informou que o elemento já está preso na cadeia pública de Leopoldina, pois o elemento já esteve envolvido em um caso de estupro no passado.

O Tenente Getúlio ressaltou que a população foi uma grande parceira para o esclarecimento dos fatos e a população tem que ser parceira no combate aos crimes.

Mais uma vez a Polícia Militar faz um trabalho eficiente e atuante no caso e agora se espera que por ser maior e preso em flagrante e se espera que a justiça consiga coloca-lo um tempo atrás das grades.

Atuaram nesta ocorrência os seguintes militares: Tenente Getúlio, Tenente Ferreira Filho,  Sgt Titonelli,  Sgt Vieira,  Cb Johnn,  Cb Sidney e Sd Charles e  Militares do serviço de inteligencia.

Furto PM Leopoldina

 

 


    • Maria das Graças Machado e Bedim
    • 4 de abril de 2017
    Responder

    Já devolveram o que roubaram? Ah, tá!

Deixe seu comentário

Posts relacionados