Policia Civil faz Operação Capanema em Fervedouro e estoura Laboratório de Cocaína em Juiz de Fora

Polícia Civil estoura laboratório de produção de cocaína em Juiz de Fora

Na noite de ontem (7), a Polícia Civil de Minas Gerais localizou, no bairro Nova Benfica, em Juiz de Fora, um laboratório improvisado para produzir cocaína. Durante a ação, foram apreendidos dois frascos de cloreto de magnésio, duas barras de pasta base de cocaína e certa quantidade de ácido bórico. “A apreensão está avaliada em quase R$ 15 mil e, após o refino, geraria um lucro ainda maior”, destacou o Delegado Rogério Woyame.

Conforme informações do Delegado,  desde o início do dia, os policiais civis  estavam empenhados na apuração do comércio de uma cocaína de maior qualidade, conhecida como “cavalinha”, que estaria sendo vendida em diversos bairros da zona Norte da cidade. Após diligências ininterruptas, os policiais receberam informações de que a droga estaria sendo produzida em uma construção abandonada no citado bairro. “O local era propício para tal ação, tratando-se de um prédio sem iluminação e cercado por vegetação. Foi feita a incursão no local, momento em que pelo menos um indivíduo foi visto evadindo com uma mochila e uma sacola na mão. Durante a fuga, ele dispensou no meio da vegetação uma sacola contendo duas barras de pasta base de cocaína, que foi arrecadada pelos policiais”, explicou.

No interior da construção, foram encontrados os materiais para refino da droga. Havia também pichações com a palavra “cavalinha”, em referência à cocaína que era produzida no local. O Delegado informou que a equipe de policiais civis segue com a investigação para identificar os envolvidos no crime.

Operação “Capanema” é deflagrada em Fervedouro

A Polícia Civil de Minas Gerais, com apoio da Polícia Militar,  realizou, nessa quinta-feira (7), a operação “Capanema”, na zona rural de Fervedouro, para o cumprimento de três  mandados de prisão preventiva expedidos pelo Juízo da Comarca de Carangola, em desfavor de três homens, de 32, 34 e 60 anos.
Os investigados seriam suspeitos de crimes ocorridos na zona rural de Fervedouro, no dia 11 de maio, entre eles, um homicídio que resultou na morte de uma idosa de 64 anos, e de tentativas de homicídio em desfavor de um homem de 43 anos e de sua esposa, de mesma idade.
A operação foi coordenada pelos Delegados Glauco Seguro e Danielle Alves Ribeiro, e contou com a participação da equipe de investigadores da Delegacia de Polícia Civil em Carangola e de policiais militares.
Fonte: Assessoria de Comunicação da PCMG

Deixe seu comentário

Posts relacionados