Termina nesta sexta feira a campanha de vacina contra gripe, pouca adesão dos professores

Nesta sexta feira, dia 26 de maio, se encerra a campanha de vacinação contra a Gripe e uma preocupação do SindUTE é a baixa adesão por parte dos profissionais da área da educação que neste ano foram incluídos no grupo de atendimento.

Rita Nunes do SindUTE Leopoldina entrou em contato com o site e pediu que fosse comunicado essa preocupação e através da matéria qiue os profissionais possam ser sensibilizados.

A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da Organização Mundial de Saúde (OMS): A/H1N1; A/H3N2 e influenza B.

Conforme dados do Ministério da Saúde, a vacina contra gripe reduz as complicações dos casos graves da doença. Além disto, de acordo com o órgão, a vacinação pode reduzir de 32% a 45% o número de pessoas internadas com pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações em virtude da influenza.

O público alvo são:

  • Crianças de 6 meses a menores que 5 anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias)
  • Gestantes
  • Puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto)
  • Idosos (a partir de 60 anos)
  • Profissionais da saúde
  • Povos indígenas
  • Pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional
  • Portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade
  • Professores de escolas públicas ou privadas

As pessoas devem procurar o Pólo de Saúde Agostinho Pestana, que está localizado na Rua Santa Filomena, 250, prédio anexo a Casa de Caridade Leopoldinense, onde o serviço está sendo realizado e muito elogiado pelos usuários e inclusive no caso da campanha as pessoas são atendidas rapidamente, é claro que com o final da campanha poderá haver um tempo de espera que não estava acontecendo. Qualquer dúvida o telefone do pólo é 3449-6448.


Deixe seu comentário

Posts relacionados